Por Jim Massara, N2EST
Traduzido por Alisson, PR7GA


"Por que enviar cartões QSL?" Eu ouvi essa pergunta dezenas de vezes, tanto pessoalmente, como no ar e também nas mídias sociais.
É uma boa pergunta. Cartões QSL levam tempo para preencher e são caros para confeccionar e enviar, isso sem falar da demora para receber. Sistemas baseados na internet, como o Logbook of the World(LoTW), por outro lado, são bem mais fáceis e rápidos para obter a confirmação de um QSO.
Antes de mais nada, saiba que não tenho nada contra o LoTW. Eu mesmo uso-o bastante, assim como quase todos os radioamadores que conheço. É um ótimo sistema, e a associação americana de radioamadores (American Radio Relay League, ou ARRL) merece nossos elogios por disponibilizá-lo.
A questão central é que a coisa é fácil demais. Se nós quiséssemos algo fácil como um apertar de um botão ou um toque na tela, largaríamos o rádio e estaríamos conversando via internet, por meio de algum aplicativo, em nossos smartphones.
No fundo, o radioamadorismo é um hobby, e todos nós o praticamos de maneiras diferentes. Alguns gostam de "catucar" e construir. Outros usam seus rádios para servir à sociedade em tempos difíceis.  Já eu gosto de falar com os amigos e jogar conversa fora.
No final de tudo o que nos une é a amizade - e você não conquista um amigo de verdade simplesmente pressionando um botão para confirmar eletronicamente um contato.
Uma das melhores amigas da minha esposa viajou recentemente para a Escócia e, quando chegou lá, enviou-nos um postal. Isso significa que ela reservou um tempo para escolher um bonito cartão, escrever uma nota rápida nele e por fim colocá-lo em uma caixa de correio. Isso é o tipo de coisa que só os amigos fazem uns aos outros.
Antigamente, os cartões QSL eram conhecidos como “a cortesia final de um QSO”. E num mundo cada vez mais prejudicado pela falta de civilidade, nós poderíamos dar uma lição simplesmente fazendo esta cortesia.
Além disso, não consigo pensar em nada melhor do que um cartão QSL para explicar o nosso hobby para nossos amigos que ainda não o conhecem.
Imagine que você acabou de fazer um novo amigo do outro lado do mundo por meio do rádio e quer compartilhar isso com um visitante. Se você apenas ligar seu computador e mostrar uma linha na tela com alguns códigos estranhos no site do LotW, provavelmente o visitante não ficará muito entusiasmado. Porém, se mostrar ao visitante um cartão QSL, você terá uma resposta muito diferente:
"Este que aparece na foto é o radioamador com quem você falou? Essa é a sua estação? Quer dizer que ele se importou o suficiente para lhe enviar um cartão pelo correio depois que vocês conversaram?" 

As respostas são sim, sim e sim. Bancos de dados e sites na internet são abstratos demais para as pessoas. Um cartão QSL é algo que você pode segurar na sua mão e mostrar a elas.
Os cartões QSL não são para todos os radioamadores, é claro, ou mesmo para todos os QSOs - mas se você quiser fazer um amigo através do seu rádio, não há nada melhor.
- Jim Massara, N2EST



Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!