Por Katie White
Traduzido por Alisson, PR7GA


Os alunos da South Side Middle School em Columbiana, Estados Unidos, agora têm a oportunidade de conquistar sua licença para radioamador da Federal Communications Commission (FCC), a "Anatel" daquele país.

Iniciado pelo colega radioamador Wade Boley, que também atua como diretor de recursos do distrito escolar, o programa partiu do princípio de que os estudantes estariam interessados não apenas em aprender como obter sua própria licença da FCC, mas também em aprofundar seus conhecimentos sobre eletrônica e a tecnologia wireless

Com seus celulares e tablets nas mãos, os alunos de hoje se interessam bastante sobre a tecnologia sem fio, na medida em que apreciam bastante quando seus equipamentos estão conectados, mas ficam bastante frustrados quando são desconectados. Eles realmente têm sede de conhecimento sobre como esta tecnologia funciona, porque funciona, como consertar quando não funciona e como melhorá-la no futuro.


Quando o programa foi aberto, cerca de 30 estudantes se inscreveram rapidamente. Os alunos iniciaram os estudos com teoria básica da eletricidade e avançarão até a teoria avançada. O programa também versará sobre a análise forense de celulares, incluindo a recuperação de evidências.

A primeira aula foi sobre o espectro eletromagnético, e consistiu sobre o uso de câmeras infravermelhas e óculos de visão noturna. Veterano militar e antigo oficial de polícia com experiência forense, a motivação do professor Boley não vem dos seus seus trabalhos policiais ou militares, mas simplesmente porque gosta de compartilhar o hobby radioamadorístico.

Muitas das tecnologias utilizadas hoje em dia tiveram sua origem e desenvolvimento a partir de ideias de radioamadores e suas experiências em suas estações e também em campo, ao redor do mundo. Embora normalmente os radioamadores sejam conhecidos pela sua atuação em situações críticas de emergência, o radioamadorismo é também um incubador e um centro de estudos para o futuro desenvolvimento das tecnologias sem fio.

Aprender o hobby também ajuda a preparar os alunos para um futuro totalmente sem fio. Boley disse que a tecnologia sem fio se tornou o padrão na vida cotidiana, passando dos telefones fixos até a comunicação sem fio por telefone celular.

"Wi-Fi é o futuro. Estamos nos movendo em direção a uma sociedade completamente sem fio. Queremos preparar nossos alunos para o futuro. Os alunos desta turma terão uma sólida compreensão sobre comunicação sem fio, suas aplicações e entenderão como a tecnologia sem fio funciona ” , disse Boley.


Receba em seu celular e em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB

Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB



Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!