Por Alisson, PR7GA

A União Polonesa de Radioamadores (PZK) anunciou por meio das redes sociais a disponibilização de sua infraestrutura WinLink para cooperar no contato entre refugiados ucranianos que venham a se abrigar na Polônia e suas famílias que ficaram em seu país ou outros parentes ao redor do mundo. O sistema WinLink permite a troca de mensagens de e-mail a nível mundial e é independente da internet, funcionando totalmente via rádio caso não haja sinal de rede disponível. Adicionalmente, em caso de perda do sinal de internet na região, os colegas poloneses anunciaram que estariam também atendendo em fonia.

Em seu perfil no Facebook, a PZK publicou em 24/02/2022, logo após o anúncio da invasão russa, o seguinte comunicado:

Prezados Radioamadores, 

Diante das últimas ameaças em nossa região e da possibilidade de haver grande número de refugiados, [vindos da Ucrânia], em adição aos mais de 2 milhões que já vivem na Polônia, gostaríamos de lembrá-los de que estamos à sua disposição.

Se você é um radioamador licenciado, você pode enviar informações por e-mail para seus parentes na Polônia ou Serviços de Emergência através do sistema Winlink, que funciona em bandas de HF, independentemente do acesso à infraestrutura local de telefonia e internet.


Sugerimos que todos baixem e instalem o software, além de verificar o seu funcionamento.

Estações polonesas do WinLink estão QRV em 160m, 80m e 20m nas seguintes frequências:

SR5WLK  - 3.595,5 kHz USB
SR3WLK  - 14.111 kHz USB
SP3IEW  - 1.865 kHz USB

Se recebermos informações sobre o corte da Internet na região em perigo, estaremos QRV diariamente como SP0MASR no horário de 18h a 20h UTC nas frequências 3.770 kHz +/- QRM, 7.110 kHz +/- QRM. Nesta situação, por favor comunique-se em polonês ou inglês.

Estamos aqui para servi-lo.

Ainda não sabemos como exatamente será feita a troca de informações, nem mesmo se o comunicado foi publicado como resposta à invasão tendo em vista a recente proibição de qualquer atividade radioamadora no país vizinho. Por conta do banimento, não seria possível que os ucranianos enviassem mensagens a partir de seu país, embora em tese poderiam recebê-las normalmente, sem possibilidade de responder sem violar o decreto presidencial e até arriscarem suas vidas.

O que é o sistema WinLink


O sistema Winlink é uma forma alternativa de troca de e-mails mantida por radioamadores e exclusiva para uso radioamador e está disponível a qualquer operador interessado em ter uma infraestrutura mínima de comunicação, especialmente em caso de falha dos meios tradicionais como telefonia e internet.

Basicamente, o sistema funciona em três níveis. No primeiro, radioamadores enviam seus emails via rádio (HF/VHF) para uma estação gateway (nível dois), que recebe as mensagens e as retransmite a servidores principais do sistema (nível três) por meio da internet. Estes servidores então fazem chegar a mensagem ao gateway mais próximo da estação do destinatário, e no trecho final, via rádio, a mensagem é entregue até ele. 

Como o sistema funciona em situação normal.


Em situações normais a internet é bem utilizada, mas em caso de falha total, os nós podem comunicar-se entre si e trocarem mensagens.


Em caso de falha da internet, o sistema continua funcionando via rádio exclusivamente.


Para mais informações sobre o sistema, acesse o website https://winlink.org/ ou assista ao vídeo seguinte para ter uma visão geral:



Receba em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB
Ou siga o QTC da ECRA no Twitter: TWITTER.COM/QTCECRA

2 Comentários

  1. Aqui no Brasil a legislação permite nos radioamadores ter esse sistema WinLink?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, claro. Do ponto de vista regulatório, o Winlink é exatamente igual ao FT8, JS8 (que é bem similar), ao PSK31, etc. São modos digitais.

      Excluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!