Por Alisson, PR7GA

Imagine as seguintes situações:

1. Você está visitando ou passando por determinada cidade e quer conhecer os colegas radioamadores locais. Mas, como conseguir contato com eles sem saber as frequências de repetidoras ou simplex em uso?

2. Você está na estrada e vê em sua frente um carro com uma antena para a faixa dos dois metros e/ou 70 cm (UHF). Quer bater um papo mas, em qual frequência pode chamá-lo?

3. Você está numa situação de emergência e precisa de ajuda. Mas não tem repetidoras próximas. Como conseguir contato com radioamadores?

Todas essas situações são hipotéticas, mas é bem possível que você já tenha passado por alguma delas. O problema de conseguir um contato com radioamadores na faixa dos dois metros e de haver uma frequência única para escuta motivou a adoção de uma frequência específica para que situações como essas descritas acima e muitas outras pudessem ser cada vez menos recorrentes. 

No Brasil e nos demais países do continente americano, esta frequência é 146,520 MHz e está definida no Ato 9106/2018 da ANATEL, na tabela B.3.14, que contém a divisão de subfaixas para a faixa dos 2 metros. 

Muitos rádios já tem predefinida esta frequência numa função chamada "PRIO" (de prioritário). O rádio fica monitorando esta frequência continuamente em segundo plano e, caso detecte alguma transmissão, muda automaticamente para ela para que você ouça. Já outros rádios, como o FT2800 da Yaesu, mantém a FNC sintonizada toda vez que mudamos das memórias para o VFO. 

ATENÇÃO!


Nesta frequência, não pode haver "rodadas" nem bate-papo frequente. Ela serve primariamente para ESCUTA, ou seja, é uma frequência para termos memorizado em nossos rádios para constante monitoração. Em caso de necessidade, chamamos nessa frequência e, tão logo consigamos um contato com algum radioamador, devemos escolher OUTRA frequência e assim poderemos bater papo ou qualquer outro uso dentro das regras do Radioamadorismo.

Vamos DIVULGAR a FNC! Muitos a desconhecem. Quanto mais os radioamadores saibam que ela existe, mais ela será efetiva. Divulgue!

Outras regiões do mundo e outras faixas


A título de curiosidade, esta frequência é diferente de acordo com a região do planeta, assim dividida segundo a IARU, União Internacional de Radioamadores:

2 m145.500 MHz (Região 1 - Europa)146.520 MHz (Região 2 - Américas)145.000 MHz (Região 3 - Ásia/Oceania)

Existem diversas outras frequências de chamada nas demais faixas de radioamador e também para outros serviços, como o marítimo. Para saber mais, acesse https://en.wikipedia.org/wiki/International_distress_frequency





Receba em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB
Ou siga o QTC da ECRA no Twitter: TWITTER.COM/QTCECRA

2 Comentários

  1. Ótima lembrança grande Alisson, a FNC deve cada vez mais ser difundida entre nós radioamadores. Uma Frequência muito importante, falta cultura e uma conscientização maior dos amigos radioamadores para usar esta frequência. Desde já obrigado por difundir mais esse informação. 73/51 de Anderson Ourinhos SP PU2LQL

    ResponderExcluir
  2. Quando estou no radio, fico com um na frequência, o duro é que sempre tem alguém batendo papo, mais agente da um toque. valeu por lembrar e vamos relembrar todos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!