Por Alisson, PR7GA

Julio Ripoll, WD4R, Coordenador Assistente de Radiamadorismo da estação WX4NHC no Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos explicou o papel do radioamadorismo durante eventos climáticos extremos para os entrevistadores da emissora de TV "The Weather Channel", especializada na previsão do tempo. Durante a entrevista, o colega Julio explicou aos repórteres que as informações que os meteorologistas do NHC recebem por meio de radioamadores voluntários ajudam a preencher as lacunas que aparecem nos dados dos satélites. 

Um exemplo contado por Julio foi quando ele estava tentando reunir informações sobre um sistema de tempestades na América Central. A única maneira de documentar precisamente o que aconteceu com esse sistema na América Central foi ouvindo os relatos enviados pelos radioamadores locais. Por meio da estação oficial do Centro Nacional de Furacões, WX4NHC, uma equipe voluntária de aproximadamente 30 radioamadores coleta e seleciona informações meteorológicas recebidas via rádio que podem ser úteis para os meteorologistas. 

Diante da aparente desvantagem da tecnologia analógica num mundo digital, o colega Julio afirmou que "o radioamadorismo pode ser um dinossauro, mas não está extinto". Ele também agradeceu aos voluntários do WX4NHC, Hurricane Watch Net e VoIP Hurricane Net pelo tempo dedicado durante furacões e pelos relatórios que enviaram. Ele disse que às vezes, fica horas ouvindo apenas ruído. Às vezes, recebe muitos informes que não são dignos de nota. Às vezes, recebe muito poucos relatórios. Mas há momentos em que um ou dois informes fazem a diferença.

O Hurricane Watch Net é um grupo de radioamadores formado em 1965. Eles são treinados e organizados para fornecer suporte de comunicação ao Centro Nacional de Furacões durante os períodos de emergência. Eles se distribuem estrategicamente na América do Norte, no Mar do Caribe e na América Central, de modo a prover um fluxo contínuo de comunicação das áreas afetadas pela tempestade aos meteorologistas no Centro Nacional de Furacões em Miami e, quando necessário, também aos meteorologistas no Centro Canadense de Furacões em Dartmouth, Nova Escócia.


Esta é Tammy, VA6TSS, informando as condições metereológicas em tempo real por meio de um computador transmitindo via APRS, juntamente com o rádio Kenwood TH-D710A montado do seu lado esquerdo.

A atuação dos radioamadores é contínua. Recentemente, durante a passagem do furacão Humberto pelas Bahamas, ao menos dois informes recebidos por radioamadores ajudaram a compor um comunicado oficial sobre o furacão. 

Fonte: http://www.arrl.org/news/the-weather-channel-cites-old-school-tech-amateur-radio-as-storm-resource
https://hwn.org/about-us/who-we-are.html
Receba em seu celular e em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Siga o QTC da ECRA no Instagram

Clique aqui para seguir o QTC da ECRA no Instagram