Traduzido por Alisson, PR7GA

Um radioamador de Nova York - Harold Guretzky, K6DPZ, está tendo muita dor de cabeça ultimamente. Ele acabou de receber uma multa de 17 mil dólares, ou quase 70 mil reais imposta pelo FCC, ou a Anatel americana. Guretzky recebeu a notificação da multa em 3 de outubro por causar interferência intencional em um repetidor local e impedir que outros radioamadores o usassem. 


Dada sua história como reincidente, ele recebeu uma punição significativa. Foram feitas inúmeras denúncias dando conta que Guretzky estava deliberadamente interferindo em um repetidor em Glen Oaks, Nova York. Em junho de 2017, o FCC enviou uma Carta de Aviso a Guretzky, informando-o da natureza das acusações contra ele e instruindo-o a parar de usar o repetidor a partir daquele momento. Porém, ele continuou.

Em abril de 2018, agentes do escritório do FCC em Nova York foram ao QTH do pitimbador para investigar. Após uma inspeção na estação de Guretzky, os agentes o notificaram por escrito que ele estava proibido de usar o repetidor local. Não adiantou. Novamente, ele foi denunciado.

Assim, um agente do Departamento de Fiscalização voltou lá para investigar. O agente monitorou as frequências de entrada e saída do repetidor VHF e, após observar interferências deliberadas em outras estações, usou técnicas de direction finding (ou "caça à raposa") para identificar a localização da transmissão, e não deu outra: era a estação de Guretzky. O agente então monitorou e gravou as transmissões que saíam da estação de Guretzky por várias horas naquela tarde e o ouviu interferindo no repetidor local. Mais tarde, o agente ouviu Guretzky ameaçando outros radioamadores. Ele queria monopolizar a frequência, impedindo que os outros a utilizassem. 

Uma amostra dos problemas que o pitimbador causava podem ser ouvidos na gravação abaixo:

http://amateurradio.tv/TechNet/Library/2018tech/180826tech/180826tech-001.mp3

No mês seguinte, o diretor regional do FCC, David Dombrowski, falou com Guretzky por telefone, informando-o sobre reclamações que continuavam chegando contra ele. Assim, ele recebeu a justa multa de quase 70 mil reais para ocupar a mente durante um bom tempo por violar voluntariamente a Seção 333 da Lei de Comunicações e a Seção 97.101 (d) das Regras de Serviço de Radioamador da FCC, demonstrando um desrespeito deliberado pela autoridade da Comissão e pelo próprio espírito do Serviço de Radioamador, continuando a interferir com o repetidor local apesar de ter sido avisado.

Ah, como seria ótimo se essa moda pegasse aqui no Brasil!

Fonte: http://www.arrl.org/news/view/fcc-proposes-fining-new-york-radio-amateur-17-000-for-deliberate-interference

Receba em seu celular e em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB

3 Comentários

  1. isso pode acontecer no Brasil portanto vamos obedecer as regras.

    ResponderExcluir
  2. KI NOVIDADE... NAS SE A MODA PEGA ... -.-

    ResponderExcluir
  3. Sempre, ao saber de interferencias desse tipo, imagina-se que o ofensor nao e habilitado, comprou seu Baofeng nas Loja Americanas ou Mercado Livre e, depois, descobre que muitos desses sao, sim, registrados e ate PY, o que menos ainda conseguimos compreender... Fiscalizaçao Ja !!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!