Por Jenny List
Traduzido e complementado por Alisson, PR7GA


Se eu perguntasse qual é o satélite orbital mais antigo ainda em uso, esperaria ouvir uma variedade de respostas. Os nerds espaciais podem mencionar as esferas passivas para calibração de radar, ou possivelmente um dos primeiros satélites meteorológicos. Mas e quanto ao mais antigo satélite de comunicação ainda em uso?

A resposta é complicada. O Oscar 7 é um satélite radioamador lançado em 15 de novembro de 1974, carregando dois transponders e quatro radiofaróis, todos operando em faixas de frequência de radioamador. Quase 45 anos depois, ele ainda permite aos radioamadores contatos como nos anos 70. Mas a história desse objeto voador é tudo menos comum. É o satélite que voltou dos mortos depois de ser considerado perdido para sempre. E pelo fato de ter sido dado como perdido, desempenhou um papel inesperado na resistência ao governo comunista na Polônia.



OSCAR 7 sendo preparado para um teste de vibração antes do lançamento. (AMSAT)


CONSTRUÍDO PARA DURAR APENAS 3 ANOS




Após seu lançamento, foi anunciado que o OSCAR 7 teria uma vida útil de três anos. Porém, como esta previsão foi bastante conservadora, felizmente continuou operando além desse período de tempo.



Durante seus primeiros anos de utilização, foram alcançados importantes feitos para um satélite radioamador, incluindo a primeira retransmissão inter-satélite entre ele e o OSCAR 6. Lamentavelmente, em julho de 1981, começou a ter falhas intermitentes e foi abandonado pela comunidade de radioamadores. Seus beacons e seus transponders foram considerados inoperantes.


No entanto, surpreendentemente, em Junho de 2002 foi novamente ouvido no Reino Unido pelo colega Pat Gowen, G3IOR. O OSCAR 7 retornara dos mortos e, em pouco tempo, os radioamadores estavam usando-o novamente para contatos.



UMA BATERIA MUITO, MUITO MORTA




O OSCAR 7 ressuscitado só podia funcionar quando iluminado pela luz solar. O seu projeto utilizou baterias cuja carga daria para uma órbita completa. Obviamente, quase 30 anos após o lançamento, elas não estavam mais operacionais. Imagina-se que foi esta bateria que causou a falha original do satélite: ela teria entrado em curto, o que drenou a fonte de alimentação da nave. Porém, depois de duas décadas, a bateria se degradou ainda mais a ponto de se tornar um circuito aberto. Com a falha efetivamente removida do sistema, os transponders poderiam receber energia diretamente dos painéis solares, contanto que o sol estivesse iluminando-os.


Fim? Definitivamente, não!


O OSCAR 7 voltou à vida. É uma história incrível, mas não é toda a história do OSCAR 7.

Quando suas baterias falharam em 1981, o satélite não se apagou completamente, mas continuou a funcionar intermitentemente. Isso fez com que fosse abandonado pelos radioamadores. Porém, num certo ponto do planeta onde não havia liberdade de expressão, algumas pessoas aproveitaram a oportunidade para usar aquele satélite, ainda que estivesse com defeito. 


No início da década de 1980, a Polônia enfrentava um regime ditatorial que determinou lei Marcial e bloqueio total das comunicações, além de tornar fora da lei o hoje famoso Sindicato Solidariedade. A repressão era brutal.



No verão de 1982, uma nova organização chamada Solidariedade Combatente recebeu uma mensagem dando conta de que o OSCAR 7 ainda funcionava. Supunha-se que o velho satélite ainda poderia ser capaz de transmitir sinais, apesar dos danos. Esta informação provavelmente foi recebida por poloneses que tinham contato com o Governo da República da Polónia no Exílio, que funcionava em Londres. 


As primeiras tentativas de fazer contato foram bem sucedidas. Certamente, o satélite "morto" estava transmitindo um sinal. Numa época em que a Internet sequer era sonhada, e os telefones eram um recurso escasso controlado pelo regime comunista, uma nova forma de comunicação entre poloneses lutando pela liberdade em cidades distantes e pessoas que os ajudavam no exterior provou ser muito útil.

Sabe-se que em agosto e setembro de 1982, numerosas informações foram enviadas da cidade de Breslávia sobre protestos em massa e brigas de rua. Essas mensagens foram recebidas em Londres pela primeira representação estrangeira do Solidariedade Combatente.

No outono de 1982, informações sobre a próxima grande onda de repressão por parte do governo chegaram ao Ocidente. Era a prisão em unidades fechadas do exército por um período indefinido de milhares de pessoas, suspeitas de ligação com a resistência.

A natureza altamente direcional das antenas necessárias para acessar um satélite de radioamador tornou sua detecção extremamente difícil para o governo comunista. O OSCAR 7 acabou se tornando algo impensável: um sistema de comunicação por satélite relativamente seguro e gratuito.

O OSCAR 7 entrou para a história.



Então, se você alguma vez alguém lhe perguntar por que o radioamadorismo é relevante ou se ainda está rompendo os seus limites, pense no OSCAR 7. Um dos mais antigos objetos espaciais ainda em uso e que desempenhou seu papel na história mundial. E o melhor de tudo: tendo uma licença de radioamador, você ainda pode utilizá-lo, pois ele continua funcionando, mesmo após quase 45 anos de seu lançamento!



Viva o radioamadorismo!


Receba em seu celular e em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB

1 Comentários

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!