Traduzido por Hilton Libanori, PY2BBQ


O Coordenador de Comunicações de Emergência da Região 1 da União Internacional de Radioamadores (IARU) Greg Mossop, G0DUB, relatou no fim de semana que os radioamadores voluntários responderam após uma inundação generalizada e catastrófica na Alemanha, Bélgica e Holanda. A inundação, resultante de chuvas intensas sem precedentes, ceifou mais de 120 vidas. Centenas de outros permanecem desaparecidos.

O Serviço de Emergência de Radioamador holandês (DARES) estava de prontidão desde 14 de julho, quando os primeiros relatos de enchentes chegaram. Uma tentativa inicial de estabelecer uma ligação ponto a ponto da capital da província de Maastricht ao norte da província de Limburg foi interrompida devido ao tráfego intenso, enquanto os residentes evacuavam as áreas baixas. Os voluntários do DARES estiveram em contato com membros do Serviço de Rádio Amador de Emergências da Bélgica (B-EARS) para coordenar seus esforços.

O Sistema Europeu de Proteção Civil foi ativado e grupos de emergência em toda a região relataram que seus governos estavam enviando assistência e suprimentos extras para as áreas onde os danos eram mais graves. A onda de enchentes continuou a seguir seu caminho para o norte, levando a novas evacuações, e grupos de radioamadores de emergência se concentraram em pedidos de ajuda. A B-EARS pediu para fornecer um link VHF de backup entre o call center de emergência em Bruxelas e a província de Hainaut até sexta-feira, enquanto a DARES tinha quatro estações ativas na área de Limburg prontas para responder se necessário.

A maior perda de vidas e danos ocorreram na Alemanha, onde mais de 1.000 residentes permanecem desaparecidos. A perda das redes de telecomunicações móveis diminuiu o esforço para localizar pessoas, enquanto muitas outras estão sem energia ou casa. A unidade de comunicações de emergência do Deutscher Amateur Radio Club (DARC) está lidando com pedidos de apoio de radioamador nas áreas mais atingidas, mas os membros da área também foram vítimas das enchentes, perdendo equipamentos ou suas casas.

“Clubes de radioamadores estão em contato com as autoridades competentes, mas atualmente não há necessidade de apoio operacional”, relatou o DARC. Existe um acordo de ajuda mútua entre organizações de radioamadores na Alemanha, Bélgica e Holanda. Mossop disse que grupos de comunicação de emergência nas regiões afetadas e circunvizinhas estão prontos para responder às solicitações e coordenar seus esforços conforme necessário.

“Esta emergência vai durar algum tempo enquanto a infraestrutura é reparada e a ameaça de barragens danificadas e mais chuvas são reduzidas”, disse Mossop. – Agradecimentos à IARU e DARC.


Fonte: http://www.arrl.org/news/amateur-radio-responds-to-flooding-in-western-europe




Receba em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB
Ou siga o QTC da ECRA no Twitter: TWITTER.COM/QTCECRA

1 Comentários

  1. Com o espirito de solidariedade,estes bravos radioamadores fazem o bem,nos sentimos honrados por estarmos neste hobby...nestas horas faz grande diferenca.....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!