QTC DA ECRA – 12ª ed./2020
Em 01/07/2020


Neste momento entra no ar PR7CP – CLUBE DE RADIOAMADORES DE CAMPINA GRANDE, na transmissão de seu informativo QTC JUNTOS SOMOS MAIS, edição Nº 12 de 2020. Hoje, primeiro de Julho de 2020. 

Pedimos que os colegas deixem a frequência livre durante esta transmissão.  
 ESPAÇO DE CÂMBIO 

Para ouvir o QTC da ECRA, basta sintonizar numa das repetidoras linkadas. Pela internet, você pode ouvir e assistir o QTC via YOUTUBE, no endereço QTCAOVIVO.ECRA.CLUB. Estamos transmiindo via ECHOLINK pelo link PR7GA-L. Também estamos transmitindo pelo aplicativo Zello, no canal "QTC da ECRA".

Hoje, operando PR7CP, Alisson Teles, titular de PR7GA.


Quer aprender CW? Acesse agora o curso 
completo do Tino, PT7AA, que o QTC da ECRA está disponibilizando gratuitamente para download. Acesse telegrafia.ecra.club/






PALAVRA DO PRESIDENTE
Edmar Gurjão, PU7ESE







Seja sócio da ECRA! Saiba como!

Qualquer radioamador pode ser sócio da ECRA. E a partir de agora, o processo de associação passa a ser feito de forma muito mais prática e fácil, bastando para isso preencher a proposta de associação ONLINE:

sejasocio.ecra.club





ANATEL lança nova CP; um dos temas terá impacto sobre QRM

A ANATEL lançou uma consulta pública com vários temas e um deles há muito tempo interessa ao radioamadorismo, especialmente agora nesta época de altos níveis de QRM na qual estamos vivendo: trata-se das emissões não intencionais. Há muitos anos a LABRE, por meio do Grupo de Gestão e Defesa Espectral, o GDE, vem lutando para que a Anatel dê a devida atenção a este tema, e agora finalmente a agência irá abordar este tema de forma oficial, e tudo se inicia com esta consulta pública. A LABRE informou que irá participar e orientar a participação dos radioamadores. 

No Brasil não há nenhuma regulamentação geral para mitigar as emissões não intencionais. Até mesmo no meio acadêmico, o tema da compatibilidade eletromagnética (ou EMC na sigla em inglês) só há pouco tempo tem recebido alguma atenção, embora ainda incipiente.

Entendendo o que são “emissões não intencionais”

O que são “emissões não intencionais”? O nome pode parecer estranho, mas em termos simples significa emissões de radiofrequência que são geradas por um equipamento de forma não prevista no seu projeto. Isto inclui, por exemplo, as lâmpadas compactas e de LED, como também fontes de alimentação chaveadas, sistemas de geração de energia fotovoltaica, e mais recentemente, os modernos sistemas de carregamento de bateria sem fio que começam a ser utilizados em veículos elétricos lá fora e que foram objeto de matéria no site da LABRE.

Esta emissão de RF não intencional normalmente ocorre por falhas no projeto ou para diminuir custos. Por conta disso, esses equipamentos se transformam em verdadeiras estações interferentes, sujando completamente o espectro radioelétrico.

É importante frisar que o QRM não desagrada apenas nós os radioamadores. Por conta desta “sujeira” no espectro, várias atividades e serviços são afetados.  Desde as emissoras de rádio comerciais, passando pela TV Digital que perde alcance devido ao ruído intenso, dispositivos modernos como celulares, equipamentos de som e vídeo, chegando até a veículos com toda a eletrônica embarcada que controla os mínimos aspectos de seu funcionamento, praticamente quase tudo que faz parte da vida moderna pode começar a apresentar mau funcionamento por conta da interferência causada por estas fontes não intencionais.

Assim, esperamos que a ANATEL possa dar o devido tratamento a este tema, que não diz respeito apenas a nós, mas a todos os brasileiros. Estaremos de olho.





Você está ouvindo PR7CP, estação do 
Clube de Radioamadores de Campina Grande 
que transmite o QTC da ECRA.



Ciclone atinge sul do país; mesmo com estações destruídas e avariadas, radioamadores estão a postos

Fortes chuvas atingiram o Sul do Brasil ontem causando a morte de, ao menos, 10 pessoas. Muitas torres de energia e de telecomunicações foram destruídas, causando falta de energia e de comunicação. Diversos radioamadores tiveram seus sistemas irradiantes destruídos ou seriamente avariados pelos fortes ventos. Vídeos e fotos das antenas e torres desmantelados pela tormenta têm circulado pelos grupos de Whatsapp. Vejam alguns no site da ECRA em wtc.ecra.club.

É importante destacar que, apesar desta destruição ocorrida com alguns colegas, o radioamadorismo está a postos para colaborar com as autoridades. Há grupos de radioamadores dedicados ao serviço de emergência como a REER-PR e a REER-SP que estão prontos para ajudar caso sejam acionados pelo poder público.

Segundo Fábio Converso, PY5FOC, Supervisor Geral da REER-PR, "alguns voluntários da REER atuaram em pequenas localidades individualmente no apoio em algumas cidades, como no litoral onde o SAMU ficou sem telefone ou na região Central. Mas, em síntese, graças a Deus não tivemos evento com grande número de vítimas, isto foi o fator primordial, dentro do possível. A Defesa Civil estadual do PR, Corpo de Bombeiros e todo grupo de voluntários da REER estão de sobreaviso. Como muitos sistemas de telefonia possuem autonomia para 24 horas com baterias e os sistemas de telefonia e energia estão sendo restabelecidos, não houve necessidade de atuação nossa. Caso fosse todos já estariam sendo alertados desde as primeiras horas de ontem. Os voluntários, como sempre, estão QRV!!"

A Agência Nacional (EBC) informa que a situação foi causada pela formação de um ciclone no sul do país. A Defesa Civil relatou que ventos chegaram a 120 km por hora em alguns locais. Hoje, 1º de julho, estados do sul e sudeste amanheceram em alerta, já que a previsão é de vendaval no sul do país até o estado de São Paulo.  Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, os ventos podem chegar a 100 quilômetros por hora e as chuvas a 100 milímetros no dia, com picos de 60 milímetros de chuva em uma única hora em alguns locais, como a parte mais litorânea do Rio Grande do Sul. O Rio tem previsão de fortes ventos de até 75 quilômetros por hora com previsão de ressaca no mar.



Mais antiga estação de rádio do mundo transmitirá neste fim de semana

A estação SAQ, que abriga o antigo transmissor Alexanderson de 200 kW, inaugurado em 1924, será mais uma vez acionada para fazer a sua transmissão anual no Alexanderson Day, data que homenageia o engenheiro eletricista sueco que inventou o transmissor na década de 1920. Este é o transmissor de rádio mais antigo do mundo ainda em operação (leia mais sobre ele clicando aqui). A transmissão especial será no domingo, dia 05 de Julho de 2020, a partir das 05:30 horário de Brasília, até às 09:00 BR.

O único transmissor baseado no alternador Alexanderson ainda em operação no mundo é acionado para transmitir mensagens curtas em código Morse na frequência de 17,2 kHz. O transmissor, de inestimável valor histórico, é preservado por demonstrar como os primeiros transmissores de rádio funcionavam na faixa de VLF (Very Low Frequency).

O evento será transmitido ao vivo no canal oficial da Estação SAQ no YouTube. Além da transmissão em VLF por meio do transmissor Alexanderson, uma estação de radioamador também estará QRV para contatos durante o evento. O indicativo é SK6SAQ e operará nas seguintes frequências:

- 7.035 kHz CW ou
- 14.035 kHz CW ou
- 3.755 kHz SSB

Não é possível ouvir a transmissão com rádios comuns devido à sua frequência, muito abaixo dos que os receptores conseguem alcançar. Assim, é necessário adaptar ou construir um receptor ou utilizar alguns truques. Obviamente, devido ao "mar" de QRM no qual estamos imersos nas cidades, será preciso ir para um local BEM longe. NO site do QTC você encontra formas de tentar ouvir utilizando apenas um computador e uma bobina ligada à entrada de áudio. Outra opção é utilizar um WEBSDR. Confira.


Você está ouvindo PR7CP, estação do 
Clube de Radioamadores de Campina Grande 
que transmite o QTC da ECRA.


Radioamadores médicos participam de importante pesquisa contra a COVID-19

O radioamadorismo normalmente presta grande ajuda em emergências, porém muitos trabalham em prol da sociedade também quando estão longe de suas estações. Este é o caso do Dr. Scott Wright, K0MD, que é médico cardiologista, e do Dr. Peter Marx, AB3XC, que trabalha como diretor na FDA, o órgão regulatório da área de remédios e alimentos dos EUA. Ambos estão envolvidos numa pesquisa que tem grande potencial de salvar vidas em meio à pandemia da COVID-19, o tratamento com plasma convalescente. Esta é a única terapia baseada em anticorpos disponível atualmente para estes pacientes.

O estudo começou no início de abril e já foram publicados estudos com 5.000 e 20.000 pacientes. Estudos similares costumam levar de alguns meses a um ano para chegar a estes resultados. O Dr. Wright disso que o FDA irá emitir nota em breve sobre os benefícios do plasma convalescente e os pesquisadores irão publicar outro estudo numa importante revista médica internacional.

Como radioamador, o Dr. Wright destaca que o código de ética do radioamadorismo, juntamente com seu dever como médico o impelem a dar o seu melhor, juntamente com o colega Dr. Marks da FDA. Em Agosto, ele estará falando sobre o assunto numa conferência de radioamadores nos EUA chamada QSO Today Ham Radio Expo, destacando inclusive como o radioamadorismo o ajudou a assumir um papel de liderança nesse importante programa médico em tempo recorde, exatamente como acontece na maioria das emergências, mas com a diferença que agora a escala é muito maior.

No site do QTC você encontra mais informações sobre a terapia do plasma convalescente e uma entrevista do Dr. Wright sobre o tema.


Qual o ser QRA? Como um Radioamador deve se identificar?
Por Alexandre, PY5TH

Uma das primeiras perguntas que nós ouvimos é qual é o seu QRA? Tão rápido é o instinto de responder a pergunta que a resposta geralmente sai errada: Meu QRA é Alexandre! O código QRA é a abreviação da pergunta “qual é a sua identificação”. Portanto, a resposta correta é: "meu QRA é PY5TH". Ou pode-se acrescentar o nome do operador: "meu QRA é PY5TH, radioperador Alexandre."

A correta identificação ao transmitir

Este indicativo, ou carinhosamente chamado de "letrinhas" será nossa digital no radioamadorismo. Além disso, segundo a Resolução 449/2006-Anatel, devemos nos identificar sempre que realizarmos uma transmissão. Parece óbvio este alerta, porém, muitas vezes presenciamos radioamadores experientes transmitindo sem a devida identificação.

Como regra geral, quando houver mais de uma pessoa na "rodada", devemos mencionar seus indicativos e falar o nosso ao final. Um exemplo: PR7GA realiza um QSO com PY7PR. Durante a passada de câmbio, posso dizer "PY7PR, de PR7GA" Fica a dica!

A correta identificação perante as autoridades

Quando somos indagados por autoridades faz-se necessário apresentar tanto o Certificado de Operador de Estação de Radioamador (COER) quanto a Licença de Funcionamento de Estação de Radioamador. 

Muitos ainda confundem os dois documentos. Para entender melhor, vamos fazer uma analogia com o trânsito. O COER é como a Carteira Nacional de Habilitação. Todo motorista deve ter uma CNH para poder dirigir. Se possuir uma na CNH categoria A poderá dirigir uma motocicleta ou na categoria B poderá dirigir um automóvel. No entanto, ter uma CNH não significa que este motorista é dono de um veículo automotor. Já a Licença de Estação é similar ao Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo(CRLV), que comprova que somos titulares do veículo. Apenas pessoas com CNH ativa poderão efetivamente dirigir este veículo. 

Assim, para operar uma estação de radioamador o operador deverá possuir o Certificado de Operador de Estação de Radioamador(COER). Esta estação poderá ser a sua própria ou a de outro colega. É obrigação do Radioamador Brasileiro o porte de dois documentos essenciais que, juntos a um documento de identificação(preferencialmente com foto) comprovam que este é devidamente licenciado para o serviço de radioamadorismo.

No entanto, não basta apresentar a documentação de porte obrigatória: é necessário também minimamente apresentar conhecimento da legislação quando indagado com a famosa pergunta "Mas por que você utiliza rádio?" ou "O que você faz com este rádio?" ou ainda "Com quem você fala com este rádio?". Radioamador que gosta de seu hobby irá ter tempo e vontade para explicar com calma à pergunta, afinal, “o que há de melhor do que falarmos sobre o que mais gostamos de fazer?”

Finalmente, gostaria de dizer que ser radioamador de forma alguma é uma atividade restrita a portar transceptor na cinta ou uma estação no carro ou mesmo uma estação em casa. É preciso se identificar de forma adequada tanto ao portar um equipamento destinado ao serviço de radioamador quanto ao apertar o botão para transmitir.

Quando encontrarem radioamadores mais experientes nas ondas do rádio se permitam aprender o que eles tem de melhor, afinal "Radioamadorismo é Serviço, história e amizade!".

Um forte 73. 

PY5TH Alexandre.




Você está ouvindo PR7CP, estação do 
Clube de Radioamadores de Campina Grande 
que transmite o QTC da ECRA.




Os 92 anos da morte do Patrono do Radioamadorismo brasileiro, Pe. Roberto Landell de Moura


30 de Junho de 1928. Há exatos 92 anos, partia para a eternidade o Patrono do Radioamadorismo brasileiro, o padre católico, cientista e inventor gaúcho Roberto Landell de Moura. Seu legado, embora lamentavelmente pouco conhecido, é importantíssimo e justifica seu posto entre os praticantes do radioamadorismo. 

Há alguns anos a TV Senado produziu um documentário contando a vida e as invenções do padre-cientista. Veja no site do QTC da ECRA.


O QTC da ECRA termina por aqui. Todas estas matérias podem ser lidas em nosso BLOG, no seguinte endereço: qtc.ecra.club. Por este endereço os colegas poderão se inscrever e receber todas as notícias que forem lá publicadas em primeira mão. Agradecemos a todos os ouvintes pela audiência e convidamos a todos para participar via rádio logo após o término desta transmissão, emitindo suas opiniões. Deixaremos a freqüência livre, prometendo retornar na próxima semana, neste mesmo horário. BOA NOITE a todos! Aqui PR7CP, Clube de Radioamadores de Campina Grande que deixa a frequência livre. 

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!