Por Alisson, PR7GA

Lá nos EUA, a ARRL, a Liga Norte Americana de Radioamadorismo é responsável por muitas ações dentro do hobby que são delegadas pela FCC, espécie de Anatel de lá. Já falamos a respeito dos exames online que na terra do tio Sam são aplicados pelos radioamadores. Hoje vamos falar de um programa de monitoramento das faixas de radioamador que é executado por voluntários e que, anualmente, tem premiado excelentes exemplos de bons operadores em nosso hobby naquelas bandas.

Por meio de convênio com a FCC, a ARRL mantém um programa destinado a realizar o monitoramento de todas as faixas de radioamador por meio de voluntários. Eles realizam escutas diárias e constantes em todas as principais faixas de radioamadores. O objetivo principal é identificar problemas e infrações às regras de operação, que por lá são bastante rígidas. Algo parecido com o que tínhamos aqui no Brasil há décadas atrás, quando o antigo DENTEL operava dia e noite uma rede de escutas para monitorar a atividade dos radioamadores e identificar problemas. 

Porém, como parte do acordo entre FCC e ARRL, esta última é obrigada a apresentar, junto com os maus exemplos de radioamadores, outros bons exemplos de boa prática operacional e técnica para que estes sejam reconhecidos como bons operadores e assim sejam bons exemplos a serem seguidos pelos demais.

Dezessete radioamadores em 15 estados norte-americanos receberam a Comenda de Bom Operador, numa tradução livre, no primeiro trimestre de 2020. Foram homenageados desde operadores veteranos quanto novatos, incluindo um adolescente de 13 anos na Carolina do Norte que se destacou no CW durante o Youth on the Air Special Event, e outro de 14 anos em Wyoming operando em SSB. 

Outro homenageado foi um colega que criou e coordenou uma rede de informação sobre COVID-19 por meio de repetidoras de 2 metros na Pensilvânia, enquanto outros colegas de várias classes receberam outras homenagens por se destacarem em boas práticas radioamadorísticas em SSB e CW nas faixas HF. Todos foram escolhidos com base no que os Monitores Voluntários observaram.


Estes observadores realizaram um total de 2.035 horas de monitoramento em HF e 2.856 horas em VHF / UHF e outras faixas. Dois casos foram encaminhados à FCC. Todos foram treinados com base nos problemas comuns que ocorrem nas diversas bandas e receberam informações sobre o que deveriam denunciar e o que poderiam deixar passar, bem como, no outro extremo, os bons exemplos que deveriam merecer destaque.

Lá fora o radioamadorismo é levado a sério!

Fonte:
http://www.arrl.org/news/volunteer-monitor-program-recognizes-good-operators


Receba em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB
Ou siga o QTC da ECRA no Twitter: TWITTER.COM/QTCECRA

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!