Durante 2019, um indicativo especial estará sendo ouvido nas bandas de HF em todo o mundo: EI-100-YXQ estará no ar para comemorar o 100º aniversário da primeira transmissão de voz transatlântica entre a Europa e a América do Norte. 19 de março de 2019 é a data de aniversário, e neste dia, a associação de radioamadores local e outros colegas estarão QRV a partir do local da antiga estação de rádio Marconi em todas as bandas, todos os modos, na cidade de Ballybunion, Irlanda. Uma estação especial foi instalada lá para comemorar este evento histórico, e o evento contou com a presença da princesa Elettra (filha de Marconi), bem como seu filho, o príncipe Marconi e sua esposa, a princesa Victoria.
Na foto, um dos operadores da estação Jim EI8GS, a filha de Marconi, a princesa Elettra, seu filho, o príncipe Marconi e sua esposa, a princesa Victoria


A partir deste local foi estabelecida a primeira comunicação de voz sem fio de leste a oeste através do Atlântico, em março de 1919, usando o indicativo de chamada YXQA comunicação foi tentada em uma direção apenas com o transmissor localizado em Ballybunion e o receptor em Louisburg, no Canadá. 

Placa comemorativa instalada no local da estação em comemoração ao seu histórico feito

A Marconi Company escolheu Ballybunion por causa de sua área ser bem plana, por ser bastante distante de áreas montanhosas e por causa de sua linha direta para os EUA.  A empresa comprou cerca de 29 hectares de terra e o trabalho de construção foi iniciado em abril de 1912. O material para a construção foi transportado num trem por dezesseis quilômetros até Ballybunion, onde os últimos 1000 metros foram vencidos utilizando cavalos e carroças até o local da estação. 
Guglielmo Marconi

O grande motor da casa de força, que vinha em seções, tinha que ser trazido por estrada, puxado por uma locomotiva a vapor, porque a estrada de ferro não conseguia suportar o imenso peso e volume desse motor. Levou três semanas para percorrer os dezesseis quilômetros e, em alguns lugares, a estrada precisou ser revestida com aço para conseguir suportar a carga. Mais de 100 pessoas trabalharam na construção.

Vista do prédio original da estação, vendo-se os gigantescos mastros que suportavam a antena

A antena consistia de sete mastros, sendo o mastro central com 150 metros de altura e os outros seis de 100 metros de altura. Foram então esticados fios entre o mastro central e os outros, numa espécie de guarda chuva. 

Porém, aproximadamente às oito horas de uma noite tempestuosa, antes da conclusão do mastro central, o vento forte fez tombar o mastro central, que por sua vez puxou os outros, vindo todos abaixo num estrondo que foi ouvido por muitos quilômetros.

Quando foi reconstruído, o mastro foi feito de madeira de pinho, assim como os outros seis. O local também continha uma ferrovia em miniatura para transportar materiais entre a casa de força e a estação de transmissão, situada a cerca de 400 metros de distância para evitar interferência e ruídos. 

O interior da estação.

Em 1914, a estação estava em pleno funcionamento e foi controlada durante o período da Grande Guerra pela Marinha Real Britânica. Em 1918, após o fim da guerra, muitos experimentos foram conduzidos em Ballybunion para atualizar equipamentos e em março de 1919 o primeiro transmissor de telefonia foi instalado usando uma potência de 2,5 Kw. A primeira pessoa a usar o microfone de Ballybunion e ser ouvida do outro lado do Atlântico, em Nova Escócia, foi o engenheiro de Marconi, o Sr. W. T. Ditcham. Sua voz foi a primeira a ser ouvida da Europa para a América, e o comprimento de onda foi de 3.800 metros ou aproximadamente 79KHz. 

As palavras que romperam o atlântico pela primeira vez foram as seguintes:

"Olá Canadá. Olá Canadá. Esta é a estação transmissora de válvulas Marconi, em Ballybunion, na Irlanda, com um comprimento de onda de 3800 metros. Você pode me ouvir? Por favor, reporte sinais."

Marconi sentado na estação receptora, no Canadá.

É preciso observar que não foi fácil. Cada tentativa de contato foi feita entre 10h e 13h durante vários dias. E não havia como saber se o sinal havia sido recebido do outro lado. A transmissão era unidirecional.

Como curiosidade, a população local ainda se lembra do barulho da grande roldana e das grandes correias que se agitavam enquanto giravam o gerador. Nas noites claras e geladas, o som era carregado por quilômetros. A roldana, de 10 metros de diâmetro, ficava no subsolo.  

Após este grande feito, o rádio foi se tornando popular, e as transmissões para o grande público se multiplicaram. 

Fontes:
https://www.kerryamateurradiogroup.com/marconi-station.php
https://www.rte.ie/archives/2015/0518/701871-hello-canada-hello-canada/
https://www.facebook.com/BallybunionNews/videos/372999439965738/
http://www.engineersjournal.ie/2018/01/23/marconi-ireland-radio-age/



Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!