Anteontem, dia 02 de Dezembro, um foguete Falcon 9 decolou levando a bordo uma carga de 64 satélites para a órbita terrestre. O primeiro estágio do foguete, conhecido como booster, já havia voado em maio e em agosto, ou seja, já é a terceira decolagem do mesmo foguete, que tem a habilidade de, após levar o segundo estágio, retornar à base para ser reutilizado. Tanto a reutlização do Falcon 9 quanto a quantidade impressionante de satélites posicionados na órbita são recordes quebrados pela empresa espacial SpaceX.

O lançamento de 64 satélites, provenientes de diversos países e instituições diferentes, nunca foi feito antes e levou a novos desafios que nunca haviam sido enfrentados. Foram 15 MicroSats e 49 CubeSats de 34 diferentes organizações públicas e privadas, originárias de 17 diferentes países: Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, Cazaquistão, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos da América, Finlândia, Holanda, Índia, Itália, Jordânia, Polônia, Reino Unido, Suíça e Tailândia.

Dentre os 49 CubeSats lançados nesta segunda (3) está o ITASAT-1, o primeiro satélite em dimensões diminutas produzidos pelo Brasil. Desenvolvido pelo ITA em parceria com o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o ITASAT-1 possui como cargas úteis um transponder de coleta de dados, um receptor GPS, e uma câmera com resolução de 80 metros por pixel no espectro visível.

Este é o ITASAT-1

Para satisfação de toda equipe do ITASAT,  AMSAT-BR e também da LABRE, o CUBESAT
está em orbita e o primeiro a receber os sinais e decodificar foi o expert Roland PY4ZBZ.

Também estão entre os satélites lançados diversas unidades dedicadas aos radioamadores. Talvez o mais ilustre seja o JY1SAT, que homenageia o nosso colega radioamador e Rei da Jordânia, Hussein, já falecido e cujo indicativo era JY1. Ele transmitirá uma mensagem de voz gravada pelo príncipe herdeiro daquele país, além de imagens no formato SSDV (digital), parecido com o SSTV analógico que utilizamos aqui no QTC para enviar imagens via rádio. Além do JY1SAT, há muitos outros satélites para fazer a festa dos radioamadores aficionados por este tipo de comunicação.

JY1SAT

Para ter detalhes sobre cada um dos satélites, suas frequências de operação e muitos outros detalhes, acesse a página do colega alemão DK3WN:



https://qrznow.com/additional-amateur-radio-communication-cubesats-to-launch-on-sso-a/



Receba em seu celular e em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!