Ontem, dia 09 de Outubro de 2018, reuniram-se na sede da ECRA os diretores e integrantes da Comissão Organizadora da FETECRA 2018. Foram discutidos diversos assuntos referentes ao Encontro, tendo cada colega apresentado um relatório de sua atuação, bem como sugestões para a edição 2019. As falhas foram debatidas uma a uma, e o compromisso é adotar medidas e mudanças para que a próxima edição da FETECRA seja melhor ainda que esta. Aliás, diga-se de passagem, os feedbacks que temos recebido dos colegas nos enchem de profundo sentimento do dever cumprido. Nas conversas no rádio, sempre que o a FETECRA ou ENCONTRO DE CAMPINA GRANDE era mencionado, só se ouvem elogios, seja pelo grande número de colegas que estiveram presentes, seja pela feirinha, que mais parecia um FEIRÃO pela quantidade e qualidade de itens expostos, seja pelo clima fraternal e alegre que permeavam as conversas entre velhos e novos amigos.



Outro tema tratado na reunião de ontem foi a viagem ao Pico do Jabre, que aconteceu hoje. De Campina Grande, partiram João Barros PR7TT, Ataíde PR7ZY rumo ao ponto mais alto da Paraíba para solucionar o problema no LINK entre as repetidoras de Campina Grande e o Pico do Jabre. Este link, que interliga toda a Paraíba do litoral ao Sertão e estados vizinhos, vinha apresentando problemas recorrentes. Às vezes, operando apenas de fora unidirecional no sentido Jabre-CG apenas, impossibilitando o contato entre o sertão e demais localidades. Porém, já a mais de uma semana, o link ficou totalmente inoperante, razão pela qual a comitiva técnica visitou mais uma vez a bela região do Jabre para a manutenção. Infelizmente, o link não pôde ser reparado no local, razão pela qual a equipe retornou a Campina Grande. Maiores informações, no próximo QTC.



Finalmente, foi tratado preliminarmente as comemorações alusivas ao Dia do Radioamador Brasileiro, no próximo dia 05 de Novembro. Nesta data, no ano de 1924, foi regulamentado no Brasil o serviço de Radioamador, após um pedido feito por vários “amadores clandestinos” como eram conhecidos na época por não estarem autorizados a operar. Dentre estes “clandestinos”, destaca-se a figura de Roquette Pinto, pioneiro do rádio no Brasil e que também era radioamador. Após o pedido, finalmente o governo promulgou o Decreto 16.657, de 05 de Novembro de 1924, que instituiu e regulamentou o Serviço de Radioamador no Brasil, razão pela qual comemoramos todos os anos o nosso dia precisamente nesta data. A ECRA já está planejando as comemorações a serem feitas, e segundo o presidente João Barros possivelmente teremos uma palestra sobre radioamadorismo e um coquetel.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

SIGA O QTC DA ECRA NO INSTAGRAM!