Por Alisson Teles Cavalcanti, PR7GA

Fui convidado pelo nosso presidente, João Barros, PR7TT, para tratar de um tema simples mas que tem gerado muitas dúvidas e certo descontrole em nossas faixas. Falaremos sobre a questão dos APELIDOS.

Muitos colegas escolhem um nome qualquer para identificarem-se, e acabam utilizando isto ao invés de seu INDICATIVO. Por exemplo: "Estação Tubarão", ou "Estação Lata Velha", ou "Estação São Francisco", e por aí vai.

Inicialmente, vamos ao que diz a legislação. Encontramos na Resolução ANATEL Nª 449, em seu artigo 4º, parágrafo IV o seguinte:

“Art. 4º (...)  IV - Indicativo de Chamada de Estação de Radioamador: é a característica que identifica uma estação e que será usada pelo radioamador no início, durante e no término de suas emissões ou comunicados.”

Também lemos na mesma Norma, em seu Artigo 41, o seguinte:

“Art. 41. Não poderá o radioamador operar estação sem identificá-la.”

Diante do que lemos acima, vemos que esta prática de colocar "apelidos" na estação vai totalmente contra esta norma.

Muitos colegas simplesmente deixam de transmitir seu indicativo e utilizam estes apelidos para se identificarem. Esta prática é oriunda de outros serviços de telecomunicações, mas é totalmente estranha ao serviço de radioamador, pois a norma que nos rege é claríssima: a ÚNICA identificação válida e obrigatória para o radioamador é seu indicativo. 

Inclusive, não podemos sequer abreviá-lo, por exemplo, utilizando “7GA” ao invés do indicativo completo. SEMPRE, em TODAS as nossas transmissões, nós radioamadores devemos utilizar nosso INDICATIVO ou QRA para identificação, seguido opcionalmente de nosso NOME. 

Aliás, QRA significa IDENTIFICAÇÃO DA ESTAÇÃO, e não do operador, por isso, QRA é sempre o INDICATIVO do radioamador.

Sabemos que existem muitos colegas novos e também muitos já veteranos que, inadvertidamente, sem saber, utilizam esta prática. Entendemos que muitos aprendem com a prática dos outros, e não há nada demais nisso. Porém, como cidadãos cumpridores da lei e radioamadores preocupados com a ORDEM em nossas faixas, temos o dever de orientar e ajudar, dentro da ética que nos rege, a todos os que de uma maneira ou de outra agem de outra forma.

Então, conclamamos aos presentes ouvintes que passem isto adiante: NÃO UTILIZE APELIDOS PARA SUA ESTAÇÃO, POIS ISTO É CRIME! Valorize e utilize seu indicativo, conquistado muitas vezes após muito estudo e mediante elevado custo pessoal!


4 Comentários

  1. Não vejo essa prática aqui na minha região, fiquei surpreso dessa tradição dos onze metros estar sendo disseminada nas faixas de amador.

    ResponderExcluir
  2. Eu também não vejo em minha região está prática nas faixas de amador, somente nos 11 metros, onde minha estação tem apelido, muitas vezes eu substituo meu nome pelo apelido da estação,mas seguindo pelo indicativo.

    ResponderExcluir
  3. Fábio e Flávio, um pouco mais ao norte infelizmente a prática é mais ou menos comum. Ainda bem que não está tão disseminada quanto pensei! rsrsrs...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem